Você mais jovem com lifting de face.

Cirurgia plástica de face

Nossas expressões faciais podem dizer aos outros como nos sentimos por dentro e podem fazer toda a diferença na primeira impressão que deixamos, pois os sinais visíveis do envelhecimento têm um papel importante nessas primeiras impressões. Com o avanço da idade, a pele vai perdendo sua elasticidade e firmeza, além disso, os fatores externos como sol, o tabagismo e a gravidade podem influenciar drasticamente em nosso visual. Rugas, sulcos, flacidez, pés-de-galinha e excesso de pele na face e pescoço podem deixar você com aspecto mais envelhecido do que você realmente se sente, passando uma imagem de cansaço a todos.

Principalmente a flacidez, que se torna vilã ao apagar os belos contornos e ângulos que tivemos um dia em nossa juventude. Os ângulos e contornos da face, quando bem demarcados, representam a beleza e garantem a jovialidade. Não importa em qual situação nos encontramos, se estivermos conhecendo novas pessoas ou passando tempo com amigos e família, todos nós queremos que nossa face tenha aparência jovem, bonita e descansada. O lifting de face, conhecido também por ritidoplastia, facelift e cirurgia plástica de face, permite que a beleza facial perdida com os anos volte a ser destaque, sempre conservando a estrutura facial e mantendo as expressões naturais, promovendo não só a mudança estética mas também uma grande mudança mental, para que o corpo possa entrar em equilíbrio com a mente.

Ritidos, do grego rhýstis ou rhytidós, significa ruga. Na Clínica Zamarian em Londrina, o Dr. Walter Zamarian Jr., cirurgião plástico que se destaca por obter excelentes resultados, oferece lifting de face de altíssima qualidade para ajudar você a obter o visual desejado, com um aspecto mais natural possível. Ele pode ajudar você a reduzir a proeminência das rugas, sulcos, flacidez, dobras e outros sinais visíveis de envelhecimento que podem ofuscar sua beleza natural. Os resultados permitem mudanças impressionantes no semblante, deixando uma aparência descansada e sem deixar transparecer estigmas da cirurgia.

História do lifting de face

A história da cirurgia plástica de face ficou um tanto quanto obscura devido a cultura da época. Muitas cirurgias de face eram realizadas com a finalidade de reconstrução facial, antes mesmo de se pensar em realizar uma cirurgia para melhorar o aspecto estético do rosto. Quando o lifting de face para fim puramente estético teve seu primeiro impulso, os médicos da época o considerava como a “cirurgia da vaidade” e pouco o estimavam, por ser visto como trivial, por criar riscos desnecessários e tentar evitar as forças da natureza, como o tempo. A primeira cirurgia plástica estética de face foi realizada em Berlim, por Eugen Holländer em 1901. Era um tempo de grandes mudanças, mas os cirurgiões plásticos que dominavam a técnica não queriam divulgá-la e guardavam-na a sete chaves. A técnica antiga do lifting de face consistia em excisões elípticas da pele em excesso, feitas na linha do cabelo. Além disso, a falta de antibiótico, que ainda não era presente na vida das pessoas, dificultava bastante o procedimento que, muitas vezes, terminava com alguma complicação, como infecções.

A técnica antiga foi aprimorada, no começo da década de 50, por W. A. Swanker, atualmente conhecida por ritidoplastia clássica, que consistia basicamente um grande retalho de pele de rotação e avançamento, ou seja, envolvia somente o remanejamento da camada subcutânea e da pele da face. Em 1974, Dr. Tord Skoog resolveu ousar ainda mais, avançando na técnica com a descrição e desenvolvimento da dissecação subfascial. Dois anos depois, em 1976, Dr. Mitz e Dr. Peyronie identificaram e descreveram o SMAS (Sistema Músculo Aponeurótico Superficial) que é a camada fascial que conecta o músculo frontal com o músculo platisma, publicando-o então para o mundo, algo revolucionário. Dr. Owsley, em 1977, fez uma das primeiras publicações mostrando os benefícios do tratamento do SMAS no lifting de face. Tudo isso permitiu que os padrões da cirurgia de face se elevassem cada vez mais, tendo o SMAS como alvo principal de correção durante o procedimento. Entre 1970 e 1980, houve grandes discussões acerca do uso do retalho longo ou retalho curto e sobre qual delas seria a técnica mais benéfica, não se chegando a uma conclusão exata e concreta. Por volta de 1990, com muitas pesquisas e estudos, vê-se o lifting de face ser realizado em planos mais profundos com muito sucesso, como o S-Lift – para casos menos complexos – e como a técnica de Dr. Sam T. Hamra, que desenvolveu o lifting de face com descolamento composto. Atualmente, com toda tecnologia a favor, cirurgiões plásticos realizam cada dia mais o lifting de face, que se tornou um procedimento cirúrgico muito seguro e eficaz. Apesar de esta cirurgia ter seu procedimento desenvolvido há mais de um século, foi só recentemente, por volta de 25 anos atrás, que ganhou forças e que teve suas técnicas aprimoradas. Atualmente, o lifting de face é uma das cirurgias plásticas mais realizadas no Brasil.

O perfil jovial

O parâmetro do que é considerado o ideal a ser atingido com o lifting de face é o perfil jovem. Porém, é importante lembrar que, por ser somente um parâmetro, durante o procedimento, Dr. Zamarian melhora somente as características baseadas neste perfil jovem, mas sem alterar a estrutura e expressão natural do paciente, para que os resultados fiquem naturais. Um perfil jovial mostra uma mandíbula forte que se separa do pescoço promovendo um sombreado ao longo de seu bordo inferior. O ângulo cérvico-mentoniano deve ter 90 graus ou menos com o osso hioide posicionado em seu ápice, no plano ou acima do plano da mandíbula. Esta, por sua vez, deverá estar bem demarcada entre a face e o pescoço. Neste perfil jovial descrito, o indivíduo não deverá ter muitas rugas faciais, flacidez ou sulcos muito profundos.

Sinais de envelhecimento facial que podem ser melhorados

Uma pergunta frequente dos pacientes é sobre quais sinais de envelhecimento serão beneficiados pela cirurgia plástica de face. Dr. Zamarian explica que os pacientes têm seu padrão de envelhecimento diferenciado, que pode ser determinado pela genética, suporte ósseo e outros fatores externos. Porém, alguns dos sinais de envelhecimento facial acometem todos os pacientes, de modo geral. A maioria dos sinais de envelhecimento que poderão ser melhorados com o lifting de face são:

Associação do lifting de face a outras cirurgias

É muito comum que o paciente, ao considerar se submeter ao lifting de face, considere também a associação de outras cirurgias plásticas e procedimentos não cirúrgicos. Justamente por a cirurgia de face ter certas limitações, alguns pacientes que desejam otimizar ainda mais os resultados acabam associando outros procedimentos, como:

Pacientes com bom perfil para a cirurgia de face

O candidato ideal para o lifting de face não fuma, visa resultados realistas, tem boas demarcações e estrutura óssea, tem o osso hioide bem posicionado, boa elasticidade na pele e pouca gordura subcutânea. Obviamente nem todos pacientes se encaixam neste perfil esperado, mas é para isso, dentre outras coisas, que servem as diferentes técnicas a serem usadas. Os pacientes fumantes terão recomendações para suspender o vício quinze dias antes e quinze depois da cirurgia e deverão receber cuidados especiais durante o lifting de face. Caso o paciente tenha uma assimetria importante, Dr. Zamarian irá explicar os possíveis tratamentos, dos quais deverão exigir diferentes técnicas para cada caso.

Indicação

A cirurgia é realizada tanto em mulheres quanto em homens, que sintam certo desconforto em relação a sua face devido à flacidez, sulcos profundos, rugas, etc. Muitas vezes, o envelhecimento precoce pode proporcionar um semblante cansado, que não combina com a idade real do paciente. O facelift é o tratamento individualizado mais importante, benéfico e eficaz para pacientes acima de 35 anos que desejam melhorar as alterações da face decorrentes do envelhecimento. Além disso, pacientes que tenham as bochechas caídas e flácidas, bem como aqueles que perderam os belos contornos faciais, como o da maçã do rosto, a demarcação da mandíbula e que tenham perdido o contorno do ângulo cérvico-mentoniano, que tenham rugas finas ao redor dos lábios, dos olhos e do queixo, que tenham excesso de pele nos olhos e grandes bolsões marcando, queda de sobrancelhas, dentre outros possíveis sinais de envelhecimento, são excelentes candidatos ao lifting de face. Não somente pelo envelhecimento, mas o lifting de face oferece também a correção de flacidez importante decorrente de grande perda de peso. Ao perder muito peso, o paciente passa a ter excesso de pele por todo corpo, consequentemente, também na face, a qual fica com aspecto caído e cansado. Portanto, no geral, Dr. Zamarian indica o lifting de face nos casos de sinais de envelhecimento facial importante (flacidez, rugas, sulcos profundos, etc.) ou grande perda de peso, quando é necessária a retirada do excesso de pele.

Pacientes que exigem cuidados especiais

Existem alguns casos em que os pacientes que desejam realizar a cirurgia de face ficam um pouco limitados por alguns fatores. Dr. Zamarian explica que alguns pacientes, por serem portadores de determinadas doenças, ou por estarem numa condição de saúde desfavorável, exigem cuidados especiais. Pacientes com diabetes sem controle, com DCV, que fazem uso de esteroides, que tenham hipertensão arterial não controlada, histórico psiquiátrico ou tenham vício no cigarro (tabagismo), deverão ser observados com muito cuidado. Esses fatores não impedem que o paciente se submeta ao lifting de face, porém, exigem que tanto o paciente quanto o cirurgião plástico fiquem atentos. Nesses casos, antes de se realizar a cirurgia, Dr. Zamarian faz algumas recomendações, como:

Benefícios

Não só pela melhora da autoestima e da autoconfiança que o paciente terá após realizar o lifting de face, mas também há algumas mudanças incríveis no aspecto de toda face e do pescoço. Todos os sinais de envelhecimento que podem ser beneficiados formam um conjunto importante para proporcionar ao paciente um rosto com ar jovial e atraente de novo. Há outro benefício mais complexo de definir: ele levanta os tecidos que estavam flácidos e pendentes no rosto, melhorando o volume do terço médio e superior da face, deixando o terço inferior mais estreito, produzindo o “triângulo jovial” da face. Essa cirurgia é um tratamento que traz resultados que nenhum outro consegue. A face, antes com aspecto flácido e cansado, em forma do triângulo senil, característica de pacientes com idade mais avançada, voltam a ter um belo contorno facial, ângulos bem definidos e demarcados.

Limitações

Ao contrário do que muitas pessoas podem pensar, o lifting de face não foi feito para melhorar a qualidade da pele, não tendo qualquer efeito sobre a qualidade dela. Ele é indicado para corrigir flacidez, ptoses e atrofias dos tecidos faciais. Portanto, é importante lembrar que ele não é tratamento para discromias, rugas, queratoses actínicas (manchas de sol), dobras muito profundas, dentre outros defeitos inestéticos que envolvem a qualidade da pele. É claro que rugas finas, dobras e algumas irregularidades têm uma melhora importante com a cirurgia plástica de face, por ela tracionar os músculos e retirar o excesso de pele. Mas ainda assim, alguns sulcos, dobras e rugas profundas poderão permanecer. Para os pacientes que realizaram essa cirurgia e ainda desejam uma melhora na qualidade da pele, Dr. Zamarian indica os tratamentos com peelings químicos, aplicação de Botox ou até por preenchimento com Restylane dependendo do caso. Há inúmeros procedimentos que podem ser associados ao lifting de face.

Diferenciais do lifting de face realizado pelo Dr. Walter Zamarian Jr.

Volume e Tensão

A tendência do lifting de face é de proporcionar resultados cada vez mais naturais. O uso moderado do volume e da tensão é essencial para que se obtenha bons resultados. Dr. Zamarian, prezando sempre pela naturalidade e satisfação do paciente, redistribui e dá volume à face, além de realizar delicadas plicaturas (pequenas pregas), proporcionando leve tensão nos músculos. Quando o cirurgião plástico se utiliza somente da tensão na pele, acaba por usá-la em excesso, deixando o rosto com aspecto de muito “esticado”, resultando numa face artificial e sem expressões. Além disso, a falta de bom senso poderá acarretar em grandes distorções e cicatrizes inestéticas.

Minimamente invasivo

Dr. Zamarian não se utiliza do lifting de face profundo ou com descolamento composto por serem técnicas muito invasivas, que prolongam o tempo de recuperação e que podem proporcionar altos riscos ao paciente, como danos ao nervo facial. Portanto, Dr. Zamarian se utiliza da plicatura do SMAS e platisma, técnicas pouco invasivas, que proporcionam excelentes resultados e não exigem muito tempo de recuperação.

Experiência e habilidade do cirurgião plástico

O objetivo do lifting de face é melhorar a aparência do paciente e não deixá-lo com aspecto desarmônico ou com estigmas de ter sido submetido a uma cirurgia. Uso excessivo da tensão, retirada excessiva de gordura, mudanças muito radicais e dar destaque à uma área do rosto somente, deixando as outras de lado, pode resultar num resultado longe do natural. Dr. Zamarian explica que a face deve ser analisada e manipulada em conjunto com todos seus elementos, juntamente do corpo também, pois partir de uma análise individual de cada elemento pode fazer com que os resultados não fiquem harmônicos e naturais.

Atrofia e flacidez

O processo de envelhecimento não envolve somente a flacidez dos tecidos e da pele, mas também envolve a atrofia dos tecidos, especialmente o adiposo, em algumas áreas. O senso estético apurado do cirurgião muito conta na hora de avaliar o paciente. Ao detectar os problemas e defeitos a serem corrigidos, há pacientes que ficaram muito bem atendidos pela correção pela remoção sutil de gordura, enquanto outros casos podem exigir o aumento do volume de determinadas regiões com gordura, quando ela está atrofiada. Dr. Zamarian avalia meticulosamente o paciente durante a consulta para que ele possa detectar exatamente o defeito do paciente. A partir daí, com seu apurado senso estético e profundo conhecimento da anatomia, passa a decidir quais manobras e técnicas terá que utilizar.

Pré-operatório

A consulta

A consulta no pré-operatório é essencial para que o paciente possa conhecer melhor o cirurgião plástico e este conhecer a anatomia e os desejos do paciente. É neste momento em que o paciente deve se informar sobre o cirurgião e saber se ele realmente é especializado e tem certificado para atuar na área. Deve-se tirar todas as dúvidas, resolver angústias e receios sobre a cirurgia. O paciente deverá estar seguro e decidido que irá se submeter a uma cirurgia plástica de face, que irá transformá-lo, criando harmonia entre o corpo e a alma.

Os medicamentos que deverão ser suspensos

Suplementos, medicamentos com ervas medicinais, Vitamina E, Ginkgo Biloba, chá verde, medicamentos que não necessitam de prescrição médica, etc. Isso parece bastante inofensivo, mas podem não ser, para quem está prestes a realizar uma cirurgia plástica de face. Existem alguns medicamentos que Dr. Zamarian recomenda a sua suspensão quinze dias antes e quinze depois da cirurgia, por interferirem diretamente na coagulação do sangue, nos sedativos, na anestesia, na adrenalina e principalmente na cicatrização do paciente. Mesmo os medicamentos que parecem ser “inofensivos”, como os naturais, poderão ter suas restrições. Por isso, é muito importante que o paciente informe ao seu cirurgião plástico sobre todos os medicamentos que esteja tomando. São alguns dos medicamentos que deverão ser suspensos:

Exames

Para que Dr. Zamarian possa avaliar a saúde de seu paciente, bem como as condições que se encontra, ele fará a requisição de alguns exames que são essenciais para que haja segurança durante o procedimento, sem expor o paciente a risco que envolva sua saúde. Ele deverá conhecer as condições do seu paciente, para que tudo dê certo durante a cirurgia.

Dr. Zamarian solicita os seguintes exames:

É indispensável a realização dos exames para se realizar uma cirurgia plástica, pois eles permitem conhecer alterações que poderiam colocar em risco o paciente ou o resultado.

A cirurgia

Durante a cirurgia de face, Dr. Zamarian realiza incisões dentro do cabelo e em dobras naturais da face. Em seguida, a pele é separada da gordura e tecidos musculares subjacentes. Realiza-se uma lipoaspiração do submento para melhorar o contorno do pescoço. Então, os tecidos profundos são reposicionados e, finalmente, apenas a pele em excesso é retirada, deixando um resultado natural e duradouro.

O round lifting ou lifting redondo de Pitanguy

Professor Ivo Pitanguy, renomado cirurgião plástico e autor da célebre técnica denominada de lifting redondo, ou round lifting, descreve sua técnica com detalhes, enfatizando a necessidade do sentido de tração do trágus ao tubérculo de Darwin e a rotação posterior do retalho para melhorar o pescoço e seu avançamento anterior para diminuir o degrau no pé do cabelo. Dr. Zamarian utiliza a técnica que aprendeu com o professor Ivo Pitanguy, com a plicatura de SMAS, obtendo excelentes resultados em Londrina, Paraná, Brasil.

A incisão

Na cirurgia plástica de face, a incisão pode ser dividida em três segmentos:

Cumpre lembrar que toda a incisão da face é posicionada de modo a manter a naturalidade do resultado, ao mesmo tempo em que a torna inconspícua e dissimulada. Assim, não é a cicatriz dessa cirurgia que incomoda pacientes no pós-operatório.

A plicatura do SMAS

Na maioria dos casos, Dr. Walter Zamarian Jr utiliza-se da técnica de plicatura do SMAS. É uma das abordagens mais realizadas e com a maior taxa de satisfação entre os pacientes que realizaram o lifting de face. Além disso, é muito mais efetiva que uma simples cirurgia plástica de face realizada somente na parte subcutânea e menos invasiva do que a ritidoplastia com descolamento composto, que expõe o paciente a altos riscos de danos ao nervo facial. O lifting de face com plicatura do SMAS é uma das técnicas mais eficientes para corrigir ptose (queda) do plano profundo do terço médio da face e do sulco nasogeniano, promovendo boa elevação do canto da boca, antes caído, e melhora na definição do contorno e nos ângulos faciais, principalmente da mandíbula e do pescoço. Isto tudo se deve ao fato de que ele consiste na tração do SMAS, e este, por sua vez, promove uma sustentação mais duradoura da face. Atração do SMAS diminui a necessidade de tensão excessiva da pele facial, evitando, assim, resultados com aspecto artificial, de pele esticada. Uma das melhores vantagens que esta técnica proporciona é a ínfima isquemia tecidual, ou seja, ela pouco restringe o suprimento sanguíneo dos tecidos e, consequentemente, reduz quase a zero as chances de incidência de epidermólise e gangrena do retalho cutâneo descolado. Em suma, o lifting de face com plicatura do SMAS é uma técnica segura que permite a suspensão das estruturas profundas da face, propiciando uma boa recuperação pós-operatória, com baixa incidência de complicações e resultados duradouros.

Pescoço

Muitas pacientes apresentam uma flacidez importante tanto da pele quanto da musculatura do pescoço. Além da tração lateral do músculo platisma, que recobre internamente o pescoço juntamente com o SMAS, Dr. Zamarian muitas vezes opta por realizar uma incisão complementar no submento (abaixo do queixo) para aproximar medialmente as bandas platismais. Isso resulta em uma melhora do ângulo do pescoço e uma elevação do assoalho do submento, permitindo um resultado mais refinado dessa cirurgia. Além disso, a lipoaspiração do pescoço diminui a gordura acumulada ao longo dos anos e melhora o contorno da mandíbula.

Testa

A testa, ou região frontal, pode ser abordada juntamente com o lifting de face, com o objetido de tratar as seguintes estruturas:

As rugas frontais podem ser causadas por um músculo frontal muito forte, resultando em sulcos profundos de expressão ao longo dos anos. Esse músculo pode ser enfraquecido com a cirurgia plástica de face com testa, resultando em rugas atenuadas e prevenindo o aumento das mesmas. Caso as rugas já estejam muito profundas, elas podem ser amenizadas, mas não eliminadas por completo.

Rugas glabelares podem ser verticais, denotando um aspecto de brabeza e seriedade, causadas pelos músculos corrugadores, ou horizontal na raiz do nariz, causada pelo músculo prócero. Em ambos os casos, o tratamento consiste no enfraquecimento dos referidos músculos, objetivando atenuar os sinais da ação exagerada desses músculos.

A elevação dos supercílios pode ser conseguida com a liberação profunda dos tecidos laterais e do ligamento que prendem os supercílios em sua posição ou os tracionam para baixo. Com essa liberação, eles ficam livres para obter uma elevação na cauda dos supercílios, resultando em uma expressão menos triste e menos cansada do paciente.

A abordagem da testa no lifting de face somente é realizada quando necessária, e quando a testa do paciente não é muito longa.

Pálpebras

Como procedimento complementar ao lifting de face, a cirurgia das pálpebras (blefaroplastia) pode ser realizada e é um fator importante para um resultado completo, uma vez que as pálpebras representam cerca de 60% do resultado dessa cirurgia.

Podem ser tratadas somente as superiores, as inferiores ou ambas, e pode ser retirada pele em excesso ou também bolsas de gordura, quando necessário, resultado em um olhar mais descansado e jovial.

Rugas nos lábios

As rugas nos lábios são mais comuns nos lábios superiores, e podem ser melhoradas de duas formas: pela dermoabrasão ou pelo preenchimento com ácido hialurônico. O tratamento com dermoabrasão consiste num lixamento, e melhora de modo definitivo as rugas, desde que não muito profundas, mas pode resultar em discromia (pele mais branca que o restante do rosto). O preenchimento com ácido hialurônico não tem o inconveniente de discromias, mas tem que ser reaplicado a cada 18 meses, aproximadamente.

Pós-operatório

Dr. Zamarian possui algumas recomendações às suas pacientes, a fim de terem uma recuperação tranquila e serena, sem surpresas. São elas:

Com um mês após a cirurgia, pode-se dormir de lado e realizar esforços físicos leves. Com dois meses, já se pode realizar qualquer esforço físico, tomando cuidado ainda com o sol. Recomenda-se evitar sol por três meses. Entre três e seis meses, pode-se pegar sol do começo da manhã e do final do dia, e após seis meses não há mais perigo do sol manchar a pele ou as cicatrizes.

Lifting de face em homens: a barba

Como fica a barba em pacientes do sexo masculino que fazem um lifting de face? Dr. Zamarian explica que a cirurgia que ele realiza não deixa barba dentro da orelha, pois ele faz uma incisão pré-tragal, que deixa a cicatriz do lifting na frente do trágus. Entretanto, como a maioria dos pacientes tem muita pele na região do pescoço, isso pode resultar em um pouco de barba na região atrás do lóbulo da orelha, após a cirurgia. Na maioria das vezes, os pacientes acabam se adaptando: fazem a barba até a região atrás da orelha. Em alguns casos, quando o paciente se incomoda com essa mudança no modo de se barbear, pode-se realizar depilação a laser nessa região.

Depilação a laser da barba

A escolha da depilação a laser da barba após a cirurgia de face deve levar em consideração alguns detalhes:

Minilifting de pescoço (minilifting cervical)

Quando a face ainda não mostra os sinais do tempo, mas o pescoço se encontra com excesso de pele ou de gordura, pode-se realizar um procedimento apenas para tratar o pescoço, o minilifting de pescoço, que restaura o contorno do pescoço, corrige a flacidez e devolve seu aspecto jovem. O cirurgião plástico Dr. Zamarian, realiza a cirurgia de minilifting cervical para minimizar os efeitos do tempo no pescoço, restaurando seu contorno, dando maior tensão ao músculo platisma que o compõe.

Avaliação de paciente com flacidez no pescoço

Durante a consulta médica com o cirurgião plástico em Londrina, Paraná, Brasil, Dr. Walter Zamarian Jr., ele vai avaliar se há:

A Cirurgia plástica de minilifting de pescoço

É iniciada com o paciente sob anestesia geral. Em seguida, são realizadas incisões atrás das orelhas, continuando para frente apenas rente aos lóbulos das orelhas, para que estes não fiquem direcionados para trás no final da cirurgia. Inicia-se o descolamento da pele atrás das orelhas e logo na frente, no pescoço. Associa-se uma lipoaspiração do submento (papada), no pescoço com uma cânula bem fina para evitar traumatismos e paresia do mentoniano. Logo após, incisa-se o submento (incisão abaixo do queixo), com descolamento também nessa região. São realizadas suturas com fios absorvíveis de Vicryl 4-0 no submento para aproximar as bandas do músculo platisma (fechando as famosas pregas na papada) e também suturas lateralmente, abaixo das orelhas, tracionando lateralmente o músculo platisma, dando uma nova tensão à musculatura do pescoço, restabelecendo seu contorno. Em seguida, retira-se o excesso de pele atrás das orelhas. O resultado é um pescoço jovem, com seu contorno restabelecido, sem cicatrizes aparentes, com as bandas platismais aproximadas.

Qual a diferença entre o lifting facial completo e o minilifting?

Basicamente, o minilifting equivale a um terço do lifting de face. O que isso quer dizer? O lifting cérvico-facial (completo) é composto de uma cicatriz que começa na região temporal (para tratamento do canto dos olhos), prologa-se na frente das orelhas (para tratamento do terço médio da face) e continua para atrás das orelhas (para tratamento do pescoço). Assim, o minilifting cervical é composto somente do componente atrás das orelhas, para tratamento do pescoço, deixando o terço médio da face e a região do canto dos olhos e supercílios sem tratamento. Tem, portanto, sua principal indicação em pacientes que têm flacidez ou rugas no pescoço, ou bandas do platisma (pregas verticais no pescoço), com a face com pouca ou nenhuma flacidez.

O candidato ao minilifting de pescoço

Como mencionado acima, o minilifting de pescoço serve para pacientes que apresentam uma face firme, mas com pescoço desproporcionalmente flácido. Essa cirurgia visa retirar o excesso de pele do pescoço, dar mais firmeza ao pescoço com o tratamento da musculatura cervical, amenizar ou eliminar as bandas visíveis do músculo platisma, amenizar as rugas do pescoço (porém raramente as elimina totalmente), restabelecer o contorno da mandíbula e elevar os tecidos do pescoço para restaurar o ângulo cervical, presente na juventude. Vale lembrar que essa cirurgia não promove resultados acima da mandíbula, e para isso seria necessário o lifting completo, denominado cérvico-facial.

Pós-operatório do minilifting cervical

A cirurgia é realizada pelo Dr. Zamarian no centro cirúrgico com anestesia geral, podendo a paciente ter alta no dia seguinte, após a retirada do dreno. O período que se segue depois da cirurgia é bastante tranquilo, indolor e com um pequeno inchaço, podendo aparecer alguns sinais de equimose (roxo), especialmente no quinto dia. O curativo que é utilizado no centro cirúrgico é retirado no dia seguinte, quando a paciente é liberada para tomar banho. Recomenda-se dormir um mês de barriga para cima, sem realizar esforços físicos e academia. A alimentação deve ser pastosa por cerca de quatro dias, para não forçar a musculatura trabalhada. Pode-se ingerir peixe, carne moída, carne bem cozida, purê, arroz, feijão, mas nada duro de mastigar.

A importância do tratamento das bandas do músculo platisma

Com a idade, o pescoço vai perdendo sua definição. A parte da mandíbula onde ocorre a queda dos tecidos (Buldogue) é tratada com lipoaspiração com cânula fina para se restabelecer o contorno da mandíbula. Já o pescoço, propriamente, apresenta um aumento na flacidez muscular (do platisma) que deve ser tratada durante o minilifting cervical para otimizar os resultados.

O platisma é um músculo achatado que recobre as estruturas profundas do pescoço e que normalmente apresenta um hiato na linha média, ou seja, um espaço entre o platisma direito e o esquerdo na parte central do pescoço. A flacidez do músculo platisma faz com que haja duas pregas verticais (uma à direita e outra à esquerda) no pescoço de algumas pessoas. Durante o minilifting de pescoço, através de uma incisão no submento (abaixo do queixo), descola-se a região central do pescoço e aproximam-se as bandas medialmente com Vicryl 4-0. Isso faz com que as pregas desapareçam, além de elevar todo o submento, fazendo com que o "papo" suba e tenha um aspecto mais jovial.

Da mesma forma, durante o descolamento lateral no minilifting para se retirar o excesso do pele atrás das orelhas, realiza-se outra plicatura lateral do platisma (uma de cada lado) para dar mais firmeza ao pescoço e mostrar melhor o resultado da plicatura mediana.

Sem o tratamento do músculo platisma, o seu resultado seria inferior, podendo deixar as pregas verticais remanescentes e não elevar o submento suficientemente. A plicatura lateral também auxilia na retirada de pele, uma vez que permite uma retirada maior de pele em excesso.

Algumas pacientes relatam melhora do ronco, muito provavelmente porque apresentavam uma flacidez de pescoço bastante significativa e que interferia com o assoalho da boca. Apesar disso, essa cirurgia não tem como objetivo o tratamento de ronco ou apneia noturna, sendo isso apenas um benefício eventual.

Drenagem linfática

Dr. Zamarian recomenda uma equipe de fisioterapeutas que realizam drenagem linfática e endermologia que, no caso do minilifting de pescoço (minilifting cervical) começam no quinto dia.

Lifting de sobrancelhas (supercílios)

Conforme o tempo passa, os tecidos da face ficam mais frouxos, causando queda de determinadas estruturas, entre elas as sobrancelhas (ou supercílios). A queda das sobrancelhas resulta em um olhar triste e apagado. Como procedimento isolado ou como complemento da cirurgia plástica de pálpebras ou de face, o lifting de sobrancelhas Londrina pode ser realizado com uma pequena incisão rente às sobrancelhas (Minicastanhares) ou com uma incisão dentro do cabelo, a depender de cada caso. Como resultado, diminui-se o peso dos tecidos sobre as pálpebras superiores, além de haver um aspecto do olhar mais jovem e com brilho, sem cicatrizes aparentes.

Conceitos estéticos e avaliação das sobrancelhas

Durante a consulta com o cirurgião plástico Dr. Walter Zamarian sobre o lifting de sobrancelhas Londrina, ele irá avaliar, entre outras coisas os seguintes aspectos de seus supercílios:

Tratamentos disponíveis para elevação das sobrancelhas

Botox

O Botox é, na verdade, o tratamento mais simples para elevação das sobrancelhas baixas ou para abaixar sobrancelhas muito altas, que geram o aspecto de assustado. Da mesma forma, com o Botox pode-se dar o efeito de elevação principalmente da parte lateral dos supercílios (também denominada cauda do supercílio), quando se evita realizar a aplicação mais lateral do Botox.

Vantagens do Botox
Desvantagens do Botox

Minicastanhares e Castanhares

A técnica de Castanhares (ou Castañares) foi primeiramente descrita por seu criador, o cirurgião plástico Salvador Castañares em 1964 e consiste em uma retirada de fuso de pele rente à parte superior dos supercílios, com maior retirada na região lateral, que causa um efeito de elevação maior da cauda dos supercílios. Os resultados da técnica de Castanhares sempre foram indiscutivelmente excelentes, com a única reticência baseada na cicatriz que podia ficar um pouco aparente, especialmente na parte medial (mais central) das sobrancelhas. Os cirurgiões plásticos de Campo Grande – MS, Dr. Giovanni Pires Viana e Dr. Giovanni André Pires Viana brilhantemente transmitiram ao Dr. Zamarian a técnica de suspensão apenas da cauda dos supercílios que denominaram de Minicastanhares, onde a retirada de pele é realizada somente na parte lateral dos supercílios, deixando dessa forma menos cicatrizes e resolvendo o principal, que é a suspensão da parte lateral das sobrancelhas. Dr. Zamarian não utiliza a técnica de Castanhares com frequência, mas realiza a técnica de Minicastanhares descrita acima para suspensão da cauda das sobrancelhas, sempre que indicada.

Vantagens do Minicastanhares para suspensão dos supercílios
Desvantagens do Minicastanhares como procedimento isolado para suspensão dos supercílios

Outros tipos de lifting

Minilifting temporal

O minilifting temporal é uma parte do lifting cérvico-facial, sendo a que realiza a tração e consequente elevação dos tecidos na parte lateral dos supercílios. Assim, pode-se realizar uma cirurgia de minilifting temporal, com retirada de pele dentro dos cabelos, causando um efeito de descanso da parte lateral dos olhos. O questionamento à técnica é que quanto mais longe da área que se deseja resultado é retirada a pele, menor é o resultado na região alvo, ou seja, uma cirurgia com incisões distantes do supercílio tende a ter menos resultado que o Minicastanhares, por exemplo.

Lifting frontal (lifting coronal)

Durante a cirurgia plástica de face, pode-se unir as incisões na região frontal, três dedos dentro do cabelo e realizar o lifting frontal. Nessa técnica, obtém-se o resultado completo, tratando-se os músculos frontais, prócero, corrugadores, eleva-se todo o supercílio e não somente a região caudal ou lateral, enfim, é um complemento importante ao lifting cérvico-facial que efetivamente trata o terço superior da face, em pacientes indicados. Por ser uma cirurgia maior que o Minicastanhares, é realizado em centro cirúrgico. A única possível desvantagem é uma possível coceira (prurido) decorrente da incisão coronal, na parte superior do couro cabeludo, que ocorre em 10% dos pacientes do Dr. Zamarian, mas que melhora em até seis meses. Os resultados são excelentes, como o Minicastanhares, sendo que a melhor técnica indicada para cada paciente é escolhida pelo Dr. Zamarian juntamente com o paciente em sua consulta na Clínica Zamarian em Londrina, Paraná, Brasil.

Ligue e agende uma consulta

Para saber mais sobre o lifting de face e outras modalidades de cirurgia plástica que o Dr. Walter Zamarian Jr. realiza em Londrina - PR, por gentileza, entre em contato com a Clínica Zamarian e agende uma consulta.

Agende sua consulta para lifting de face em Londrina com Dr. Walter Zamarian Jr.

(43) 3356-0506

Cirurgião Plástico em Londrina - PR

info@zamarian.com.br

Rua João Wyclif, 111, Sala 1702
Londrina - PR
CEP 86050-450
Brasil

📞 (43) 3356-0506

🕑 segunda a sábado 8:00 - 12:00 h
segunda a sexta 14:00 - 18:00 h

5/5 estrelas baseado em 5 comentários