Você pode melhorar rugas com Botox.

Toxina botulínica tipo A (Botox)

A toxina botulínica é uma substância proteica que tem origem biológica e propriedade paralisante, sendo altamente tóxica em sua forma natural. É obtida através da bactéria Clostridium botulinum, a principal causadora do botulismo. Quando em condições adequadas que propiciam sua reprodução, ela cresce e produz oito sorotipos de toxinas, sendo: o sorotipo A (Botox, Dysport, Prosigne), B (MyoBloc), C, D, E, F, G e H. Dentre todos os produzidos, o sorotipo A da toxina botulínica é, cientificamente provado, o mais eficaz e potente, que faz com que os efeitos perdurem por mais tempo, por isso é o mais utilizado.

Foi o oftalmologista americano, Alan. F. Scott, que descobriu que a toxina botulínica relaxava os músculos quando aplicada, tornando-se uma alternativa eficaz e não cirúrgica para estrabismo. Depois de um tempo, os médicos canadenses Jean e Alastair Carruthers começaram as primeiras pesquisas sobre o uso da toxina botulínica em tratamentos na estética. Foi, então, a partir do uso terapêutico que a toxina botulínica passou a ser usada na estética.

Tentando usufruir melhor dessa propriedade paralisante que possui, a toxina botulínica tipo A foi sintetizada em laboratório a partir da sua forma bruta e venenosa da cultura de Clostridium botulinum, sendo ela purificada e esterilizada, para poder ser utilizada como tratamento nos seres humanos. As toxinas botulínicas tipo A sintetizadas mais conhecidas atualmente são: o BOTOX que é a marca americana da toxina, sendo também a primeira a ser desenvolvida, o DYSPORT do Reino Unido e o PROSIGNE de Israel. Devido à popularidade do nome, o senso comum refere-se à aplicação de toxina botulínica como aplicação de Botox, independente da marca utilizada.

O Botox e demais marcas podem ter seus efeitos potencializados por antibióticos aminoglicosídeos (Amicacina, Gentamicina, etc.) ou quaisquer outras drogas que interfiram na transmissão neuromuscular. Dr. Zamarian recomenda adiar a aplicação da toxina botulínica até o término do tratamento com aminoglicosídeos.

A toxina botulínica tipo A tem uso terapêutico no estrabismo, blefarospasmo, espasmo hemifacial, distonias, espasticidade e doenças urológicas. Na área estética, é muito utilizada para reduzir as linhas de expressão e tratar da hiperidrose (excesso de suor).

Mecanismo de ação

A toxina botulínica é um polipeptídeo formado por duas cadeias, uma leve e uma pesada, unidas por uma ponte dissulfeto. A cadeia pesada é importante para direcionar a toxina para tipos específicos de axônios (terminais nervosos). A toxina se liga ao axônio através da cadeia pesada, e é levada ao interior da célula por endocitose. A cadeia leve é então liberada do interior das vesículas de endocitose e atingem o citoplasma. A cadeia leve tem característica de protease (degradar proteína), e vai quebrar a proteína SNAP-25. Essa proteína SNAP-25 é necessária para a fusão vesicular, no processo de liberação de neurotransmissores pelo terminal do axônio, em especial da acetilcolina. Dessa forma, ao inibir a liberação de acetilcolina, a toxina botulínica inibe a transmissão dos impulsos nervosos, causando, dessa forma, uma paralisia flácida (em repouso). Essa paralisia flácida que resulta em melhora das rugas faciais, uma vez que mantém os músculos relaxados.

Esse mecanismo citado acima é diferente do tétano, onde ocorre uma paralisia espástica (em contração).

Em suma, o Botox age, principalmente, bloqueando a ação da acetilcolina, que é o neurotransmissor responsável por levar os estímulos elétricos do cérebro aos terminais nervosos do músculo. O resultado disso é a diminuição da contração muscular, pois o músculo não recebe o comando para contrair.

Botulismo

Não há possibilidade de contrair botulismo através da aplicação da toxina botulínica tipo A e com nada devem se preocupar os pacientes que fazem o tratamento com o Botox. As doses utilizadas para o tratamentos estéticos são, aproximadamente, 40 vezes inferiores às que seriam capazes de causar efeitos colaterais maiores, semelhantes aos da doenças do botulismo.

A toxina botulínica tipo A é produzida em laboratório, sendo sua fórmula desenvolvida justamente para a utilização humana e, apesar de seu princípio ativo principal ser obtido da bactéria Clostridium botulinum, a principal causadora do botulismo, isso nada interfere na saúde dos que se beneficiam do Botox pois, em laboratório, a toxina é esterilizada e purificada, sendo transformada num produto de total segurança para tratamentos em humanos. Doses menores têm chances ínfimas de proporcionar efeitos colaterais, e médicos de todo o mundo realizam centenas de tratamentos com a toxina botulínica todos os dias, com sucesso. Dr. Zamarian Jr. realiza aplicação de Botox Londrina com a máxima segurança e cuidado, prezando pelo bem estar de seus pacientes.

Botox para rugas na face

Os efeitos do tempo e os fatores externos como o sol, o fumo e o estresse deixam nossa face com um aspecto pouco saudável, apagado e sem brilho, promovendo rugas, linhas finas, marcas de expressão e sulcos. Com o passar do tempo, a pele só se torna mais degenerada e opaca, quando não tratada. A Clínica Zamarian oferece, aos seus pacientes, Botox para combater esses sinais de envelhecimento e restaurar uma aparência mais saudável e jovial. Feito de uma forma esterilizada e purificada de toxina botulínica tipo A, o Botox cosmético relaxa a musculatura facial para reduzir a proeminência das rugas da região frontal (testa), região glabelar (entre os supercílios), área ao redor dos olhos - pés de galinha - e muito mais. As injeções de Botox Londrina são aplicadas com um método rápido e conveniente, sem cortes e sem ter que ir a um centro cirúrgico para apagar anos de sua aparência cansada. O resultado tem duração de quatro a seis meses.

Os locais mais comuns de aplicação pelo Dr. Zamarian Jr. são:

Características do Botox

70% menos dor

Desde maio de 2015, Dr. Walter Zamarian Jr. tem usado uma agulha italiana finíssima, quase da espessura de um fio de cabelo, para a aplicação de Botox. Dessa forma, os pacientes têm tido maior conforto e referem uma diminuição de 70% na sensação de dor durante a aplicação. Isso reflete a preocupação do Dr. Zamarian em oferecer a melhor experiência possível para seus pacientes.

Vantagens

O Botox para tratamento de rugas na face oferece as seguintes vantagens:

Paralisia facial

Quando os tratamentos fisioterapêuticos e medicamentosos não apresentam resultados satisfatórios para o portador de paralisia facial ou quando este deseja um tratamento alternativo, a cirurgia plástica oferece o tratamento da paralisia facial com a toxina botulínica tipo A, principalmente melhorando o equilíbrio facial.

O Botox é aplicada para suavizar as sequelas da paralisia facial, que são alterações inestéticas na aparência como contração excessiva do músculo, pálpebra caída, boca repuxada, enrugamento da face, entre outras.

Detalhes da face na paralisia facial que podem ser melhorados com o uso do Botox:

Dr. Walter Zamarian Jr. realiza aplicações de toxina botulínica tipo A em pacientes portadores de paralisia facial para melhorar o aspecto da face afetada, promovendo excelentes resultados. Saiba mais, agendando uma consulta em nossa Clínica.

Espasmo hemifacial

O espasmo hemifacial é caracterizado por contrações de músculos de metade de uma face inervados pelo facial, possivelmente devido a irritação do nervo facial daquele lado por compressão vascular em sua emergência do tronco cerebral. Os músculos acometidos são: frontal, zigomático maior, risório, platisma e orbicular dos olhos.

O Botox pode ser utilizado no tratamento do espasmo hemifacial a fim de se evitarem as contrações (espasmos tônicos) dos músculos, através da aplicação de 5 unidades em cada ponto, sendo essa aplicação individualizada para cada caso.

A melhora das contrações é sensível e pode-se esperar uma melhora de cerca de 80% no tratamento.

Deve-se tomar o cuidado de se realizar as aplicações nos pontos específicos para espasmos hemifaciais, a fim de se evitarem efeitos indesejáveis, como desvio da rima bucal e queda do supercílio.

A aplicação do Botox para espasmos hemifaciais pode devolver a autoestima para as pessoas que sofrem dessa condição e que sentem consequências da exposição em público. Sua duração deve ser a mesma do Botox Estético, de quatro a seis meses.

Elevar os cantos da boca

Uma queixa muito comum nos consultórios de cirurgiões plásticos e de dermatologistas é a boca triste, com os cantos caídos. O Botox é um tratamento muito eficaz para elevar os cantos da boca, sendo o tratamento de escolha para isso (e não preenchimentos, que acabam não resolvendo o problema de modo adequado).

O Botox, quando aplicado na inserção mandibular do músculo depressor do ângulo da boca, faz com que esse músculo relaxe, elevando o canto da boca, melhorando o aspecto do sorriso e deixando a/o paciente com um "semblante mais feliz".

Conhecimento de anatomia é fundamental para essa aplicação, onde são necessárias 2 a 5 unidades, a depender de cada caso, sendo que a aplicação deve necessariamente ser sobre o depressor do ângulo da boca, evitando medializar o ponto de aplicação, a fim de não agir sobre o músculo depressor do lábio inferior, o que faria com que o lábio inferior se elevasse durante o sorriso.

A correta aplicação de Botox no músculo depressor do ângulo da boca, ao nível extremo inferior da mandíbula, consegue devolver o sorriso e a alegria àquelas pessoas que perderam a capacidade de demonstrar sua felicidade. Em nossa clínica, iniciamos com uma aplicação de 2 a 3 unidades, podendo reforçar essa aplicação em uma reavaliação após 10 dias.

Entre em contato com a Clínica Zamarian de Cirurgia Plástica e saiba mais sobre Botox Londrina e suas diversas aplicações.

Ligue e agende uma consulta

Para saber mais sobre aplicação de botox para rugas e hiperidrose, e outras modalidades de cirurgia plástica que o Dr. Walter Zamarian Jr. realiza em Londrina - PR, por gentileza, entre em contato com a Clínica Zamarian e agende uma consulta.

Agende sua consulta para botox para rugas em Londrina com Dr. Walter Zamarian Jr.

(43) 3356-0506

Cirurgião Plástico em Londrina - PR

info@zamarian.com.br

Rua João Wyclif, 111, Sala 1702
Londrina - PR
CEP 86050-450
Brasil

📞 (43) 3356-0506

🕑 segunda a sábado 8:00 - 12:00 h
segunda a sexta 14:00 - 18:00 h

5/5 estrelas baseado em 5 comentários