Você pode ter panturrilhas mais delineadas com silicone.

Prótese de panturrilha

As próteses ou implantes de panturrilha são utilizadas na cirurgia plástica de aumento das panturrilhas, um procedimento cirúrgico para melhorar o formato e o volume das panturrilhas. Muitas pessoas estão insatisfeitas com o aspecto de suas panturrilhas ao ponto de evitar usar roupas que deixem suas pernas à mostra. Em casos assim, muitas vezes os exercícios ou a academia não não suficientes para dar o volume necessário a estes casos. A prótese de panturrilha é bem indicada em casos assim e também em outras situações, como em lesões nervosas, onde pode haver deteriorização muscular, ou em sequelas de trauma, onde pode se ter perdido tecido na panturrilha.

Algumas doenças que envolvem a perda muscular das panturrilhas são: sequela de poliomielite (paralisia infantil), pé torto congênito (pé equinovaro) e espinha bífida. Apesar de a causa da falta de músculo na panturrilha poder ser decorrente de doença, a maior procura nos consultórios médicos de cirurgia plástica é por pessoas que, apesar de possuírem hipotrofia muscular da panturrilha (pouco músculo), esse menor volume é simplesmente constitucional, sem doença causadora.

Para realçar a panturrilha ou dar mais volume às pernas, de um modo natural e atraente, Dr. Zamarian realiza a cirurgia plástica de prótese de panturrilha, num procedimento rápido e indolor.

Homens e mulheres normalmente procuram a cirurgia de prótese de silicone nas panturrilhas por motivos diferentes. Enquanto homens procuram apenas um maior volume e maior definição das panturrilhas, as mulheres comumente visam um equilíbrio anatômico entre o quadril e os membros inferiores.

Diferenças de inserção do músculo da panturrilha

De uma forma simplificada, pode-se dizer que a dificuldade em se conseguir uma maior massa muscular na região da panturrilha está na relação entre o calcanhar, a fossa poplítea (parte de trás do joelho) e a inserção do músculo da panturrilha. Músculos com inserção alta ficam mais "esticados" e têm dificuldade em fazer uma "barriga" quando contraídos. Músculos com inserção baixa ficam menos "esticados" e conseguem fazer mais volume quando contraídos, porém apresentam um comprimento menor. Felizmente, a prótese de silicone consegue melhorar o aspecto de panturrilhas com os dois tipos de inserção muscular.

Indicações

Hipotrofia natural das panturrilhas

A prótese de silicone nas panturrilhas tem sua indicação principal nos casos de pouco volume nas panturrilhas, sobretudo na face póstero-medial, para melhorar o aspecto de, quando em pé, que as pernas são finas e muito afastadas. Mais recentemente, tem-se indicado também a colocação de uma segunda prótese de silicone, na parte póstero-lateral da panturrilha, suprindo o volume naqueles casos em que se necessita de um volume maior, ou onde a estética ficaria melhor com a segunda prótese.

Sequela de trauma, acidente ou queimadura

Outra situação onde se indica adequadamente o uso de prótese nas panturrilhas é quando houve uma perda de tecido (perda de substância) em uma ou ambas panturrilhas, causando uma assimetria ou deformidade.

Poliomielite

É uma doença causada por infecção viral, altamente contagiosa, que invade o sistema nervoso e pode causar paralisia total. Afeta, principalmente, crianças abaixo de cinco anos, normalmente deixando paralisia parcial ou total nos membros inferiores, e não há cura. Felizmente, pode ser previnida pela vacina, que dura a vida toda. Em 1989, foi registrado o último caso de paralisia infantil no Brasil. O silicone pode ajudar os pacientes a melhorar a assimetria, ou dar mais volume ao membro acometido.

Espinha bífida

Trata-se de um defeito da crista neural, que compromete o desenvolvimento completo do sistema nervoso, incluindo cérebro, medula espinhal e estruturas teciduais protetoras. É um defeito genético congênito, que frequentemente afeta a mobilidade, podendo haver a necessidade do auxílio de muletas e órteses. Implantes de panturrilhas podem ajudar pacientes que possuem uma panturrilha mais fina ou menor que a outra – devido à lesão nervosa – e pode melhorar o aspecto dos membros inferiores, equilibrando a assimetria.

Pé torto congênito

O pé torto congênito é um defeito apresentado ao nascimento, que afeta as regiões do pé e tornozelo, sendo que, no pé equinovaro, o calcanhar e dedos podem estar virados para dentro. Ocorre mais em meninos – 66%, e pode ser tratado com engessamento seriado, que alonga a região encurtada lentamente até sua posição normal. Algumas vezes, essa condição pode afetar o desenvolvimento dos músculos da panturrilha, causando assimetria, que pode ser tratada com o uso de prótese de panturrilha.

Pré-operatório

A consulta

Durante a consulta, Dr. Zamarian irá avaliar ambas panturrilhas quanto a formato, volume, assimetria, hipotrofia muscular, elasticidade da pele, entre outros. Tudo isso somado aos dados de peso e altura do paciente, a fim de se propor um plano cirúrgico adequado para cada caso.

Um ou dois implantes por perna?

Na grande maioria dos casos de hipotrofia natural das panturrilhas, opta-se por apenas um implante por perna, colocado na posição póstero-medial, a fim de se diminuir o espaço entre as pernas, em pacientes que se incomodam com o grande vão entre elas. Nesses casos, a necessidade de preenchimento na parte póstero-lateral das pernas é menor.

Entretanto, muitos pacientes procuram para melhorar o aspecto de apenas uma perna. São casos de sequela de poliomielite, pé torto congênito, sequela de trauma, entre outros. Na maioria desses casos, um único implante na perna atrofiada seria um resultado pequeno, e não atenderia a necessidade estética dos pacientes. Assim, Dr. Zamarian segue o que e preconiza em serviços especializados, de utilizar dois implantes de 85 ml na mesma perna, um póstero-medial e outro póstero-lateral. Para decidir se os dois implantes são colocados na mesma cirurgia ou em tempos diferentes, Dr. Zamarian avalia a elasticidade da pele e perfusão vascular da perna acometida. Não são utilizados implantes maiores ao invés de dois implantes, porque os maiores são muito longos e estreitos para o objetivo desejado. Dessa forma, os dois implantes de 85 ml conseguem preencher a largura das panturrilhas em sua totalidade, ao mesmo tempo em que não são longos em excesso, ficando contidos na fáscia da panturrilha, evitando sua superficialização e, consequente, resultado inestético.

Formato

Em praticamente todos os pacientes, Dr. Zamarian escolhe os implantes assimétricos, que são mais largos na parte superior e mais estreitos na parte inferior, seguindo a anatomia das panturrilhas.

Volume

Como mencionado acima, o implante de escolha é o assimétrico de 85 ml de silicone gel da Silimed. Como as panturrilhas têm músculo apenas na metade superior, de nada adianta colocar implantes maiores, pois são longos em demasia e ultrapassam o limite da fáscia muscular, indo até a metade inferior da perna, onde existe o tendão, forçando a prótese a se superficializar e ficar aparente, visível. Dessa forma, para mais volume, a melhor escolha, na opinião do Dr. Zamarian, seria a colocação de um segundo implante de 85 ml na perna, ao lado do primeiro.

Exames necessários

Os exames solicitados antes da colocação de implantes de panturrilhas, para que Dr. Zamarian possa saber o estado de saúde em que o paciente se encontra, são:

A anestesia

Dr. Zamarian realiza a cirurgia de prótese de panturrilha em centro cirúrgico, sob anestesia geral, em um procedimento rápido e praticamente indolor. A anestesia geral promove uma segurança para o paciente, além de promover um excelente relaxamento muscular. Esse relaxamento facilita a realização da cirurgia, permitindo uma redução do tempo operatório, resultando em uma cirurgia de quarenta minutos, apenas.

A cirurgia

A cirurgia de prótese de panturrilha é realizada sob anestesia geral, no centro cirúrgico, em um procedimento simples e rápido (cerca de 40 minutos). A cirurgia se inicia com uma pequena incisão atrás dos joelhos, normalmente "quebrada" em zigue-zague, para permitir uma melhor cicatrização. Realiza-se um pequeno descolamento subcutâneo, inferiormente, para que a incisão na fáscia para a colocação do implante fique bem coberto, evitando-se, assim, exposição da prótese no caso de deiscência da sutura. Em seguida, cria-se o espaço subfascial, junto aos músculos da panturrilha. Pela pequena incisão são introduzidos os implantes de silicone, um ou dois de cada lado, e a cicatriz é fechada com pontos internos absorvíveis, e por fora com cola de cianoacrilato. A escolha da cola visa obter um resultado estético melhor para a cicatriz. Como cada implante de silicone fica situado profundo, no meio do músculo da região da panturrilha, o contorno da perna passa a ter uma aparência jovem e natural. Os curativos são apenas da pequena incisão, e não há necessidade de retirada de pontos.

Vantagens

Pós-operatório

Um implante por perna

Nos casos onde Dr. Zamarian indica um implante por perna, para hipotrofia natural das panturrilhas, não há tensão no compartimento muscular, e pode-se caminhar normalmente no dia seguinte à cirurgia. Não há pontos para serem retirados, e a cirurgia dispensa a realização de massagem, pois o implante está em contato com o músculo, e é constantemente massageado durante o caminhar. Em casos selecionados, pode ser indicada uma meia de suave compressão para ajudar a diminuir um eventual inchaço das pernas ou dos pés.

Dois implantes por perna

Quando as condições locais permitirem a colocação de dois implantes na mesma perna, sobretudo para atrofia de um único membro, os cuidados passam a ser dobrados: Dr. Zamarian recomenda ficar três semanas sem pisar, usando apoio para caminhar. Além disso, ele costuma manter o membro do paciente com uma calha gessada, mantendo a perna fletida, a fim de relaxar a linha de sutura da fáscia muscular, e evitar extrusão de algum implante. Essa posição também diminui a pressão no compartimento muscular, permitindo uma boa perfusão de todo membro inferior operado. Após três semanas, a calha gessada é retirada, e o paciente passa a caminhar normalmente. Da mesma forma que no caso anterior, não há necessidade de retirada de pontos e nem de massagem.

Você deseja panturrilhas definidas e com mais volume?

Descubra como a prótese de panturrilha pode ajudar você a ter as panturrilhas que deseja, sem esforço. Afinal, você merece ser feliz!

Pronto para essa grande mudança? Agende uma consulta!

Agende sua consulta para prótese de de panturrilha em Londrina com Dr. Walter Zamarian Jr.

(43) 3356-0506

Cirurgião Plástico em Londrina - PR

info@zamarian.com.br

Rua João Wyclif, 111, Sala 1702
Londrina - PR
CEP 86050-450
Brasil

📞 (43) 3356-0506

🕑 segunda a sábado 8:00 - 12:00 h
segunda a sexta 14:00 - 18:00 h

5/5 estrelas baseado em 5 comentários